Blog da Fabi Pranaitis | Moda Retrô & Beleza

O Melhor da SPFW N 43 – Dia 3

Olá gente linda!!

Terceiro dia de SPFW edição 43, e pude assistir pessoalmente à um dos desfiles.
Fico sempre muito feliz com esses convites, pois são reconhecimento de anos trabalhando com moda e com o blog. (Obrigada assessoria! <3)

Foram ao todo 8 desfiles e vamos começar:

Giuliana Romano: A experiência trazida no desfile é a da mulher que abre o guarda-roupa masculino e se apropria dele. Usa peças de alfaiataria a seu favor, que sabe usar um smoking com a mesma destreza que usa uma saia ou saltos. “Mas temos o cuidado de manter a feminilidade”, explica a estilista. No andamento do desfile o cuidado com a consciência das curvas, o body conscious, é claro. Em fendas e curvas e caimentos, o corpo feminino está ali. Ainda que com a parka, o smoking, as camisas, a desconstrução, e o flerte bem sutil com um grunge sofisticado, essa mulher continua desfilando seu próprio corpo, gosto e presença.

Apesar de não ser o meu estilo, admiro muito essas marcas que conseguem transitar pelo feminino / masculino com tanta graça como a Giuliana Romano. As linhas mais retas são muito atuais e geram sempre uma composição moderna. Meus looks favoritos do desfile foram:

Giuliana RomannoGiuliana Romanno

Isabela Capeto: Pensar em “Tóquio Nordestino” dá um nó mental e sentimental que nos leva a imaginar um mix de ultra modernidades com ultra localismos, a geografia além do território. “Essa mulher é atualizada, é moderna, é contemporânea, sabe usar sombrinha na rua quando está sol, e capa de chuva, e luvas, e sabe fazer uma mistura inteligente, usa todas essas estampas”, conta, já em ritmo eufórico pré desfile.

Uma das marcas que eu mais gosto de ver por serem sempre peças muito femininas, cheias de textura e cores. Neste desfile, pude perceber muita textura, transparências e fendas compondo um visual mais sexy sem perder o divertimento.

isabela-capeto-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (2)isabela-capeto-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (1)isabela-capeto-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (3)isabela-capeto-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (4)

Vale da Seda por Eneas Neto (Projeto Estufa): A coleção de Enéas Neto para Vale da Seda trouxe uma ode à evolução do material seda, partindo do casulo e chegando a organza. Em saias esvoaçantes e looks que aproveitam o comportamento dos materiais para criar uma cena leve. “A ideia também foi mostrar a ação do tempo sobre os tecidos, alguns aparecem desgastados por exemplo, com cores pastel”, explica Enéas, que há dois anos trabalha para a marca que desenvolve parceria com vários estilistas. O trabalho da Vale da Seda com Enéas Neto foi selecionado pelo Sebrae para participar do Projeto Estufa, programação de desfiles dentro da SPFW que foca em novos modos de fazer moda.

Projeto Estufa - Vale da SedaProjeto Estufa - Vale da SedaProjeto Estufa - Vale da SedaProjeto Estufa - Vale da Seda

Helen Rödel (Projeto Estufa): Traz o que chama de “Alto Alto Verão” para a passarela, com corpos ventilados em looks super apropriados para verões mais quentes, como os vestidos vazados e biquínis. O capricho do feito à mão dá beleza mas é o que confere, além da estética, um nível de importância ao “made in” que justifica a presença da marca no Projeto Estufa. O projeto, que estreou (15/03) na SPFW, selecionou marcas que provoquem reflexões, que inovem no modo de fazer. Falar do “modo de fazer” de Helen é pensar além do resultado que vemos na passarela – um resultado de beleza das cores, de desenhos que contornam o corpo e valorizam a brasilidade. Falar das mãos que operam o crochet é pensar em mulheres que foram transformadas e empoderadas pelo trabalho com a estilista.

Eu adoro crochet e fico super contente quando vejo estilistas recolocando ele em voga. Apesar de vir da França, o vejo como algo muito raíz do Brasil e é triste como poucas marcas apostam nele. Esses foram meus favoritos do desfile:

Projeto Estufa - Helen RodelProjeto Estufa - Helen RodelProjeto Estufa - Helen RodelProjeto Estufa - Helen Rodel

Memo por Paulo Borges com direção de estilo de Lilly e Renata Sarti : Patrícia Birman, dona da Memo, teve uma ótima sacada quando, na temporada passada, convidou Lolitta Hannud para uma coleção colaborativa. Deu tão certo que ela manteve a ideia e, desta vez quem participa é a estilista Lilly Sarti. Em um momento em que a moda esportiva anda mais forte do que nunca, inspirando não só esteticamente, mas também através dos materiais e tecnologias usados neste setor, esse tipo de parceria faz todo sentido e funciona como uma via de duas mãos. As marcas convidadas beneficiam-se com o conhecimento esportivo da Memo, mais o envolvimento e o aprendizado com materiais tecnológicos. “E a gente ganha com o inusitado que elas trazem para o nosso universo”, conta Patrícia. Essa linha com Lilly traz peças multifuncionais inspiradas na estética retrô do tênis e no snowboard.

memo-spfw-n43-www.fabipranaitis.com.br

Fabiana Milazzo : Em sua estreia no SPFW, Fabiana fez uma coleção inspirada no Brasil, na nossa fauna, paisagens e arquitetura, mas também nas “pessoas que fazem, em quem está por trás do que a gente faz, que borda, costura…”, conta a estilista.

Desfile IN-CRÍ-VEL! Foi até difícil escolher meus looks favoritos porque por mim, inseria todos aqui no post. Peças muito femininas, muito bem trabalhadas e de caimento impecável. Estreou lindamente.

fabiana-milazzo-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (1)fabiana-milazzo-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (2)fabiana-milazzo-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (3)fabiana-milazzo-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (4)fabiana-milazzo-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (5)

Apartamento 03 por Luiz Claudio : Esse eu pude assistir pessoalmente. Cheio de linhas retas, brilhos e muito mais conceitual que as coleções anteriores. Muitos looks desconstruídos, trazendo o veludo que é super tendência da temporada.

ap03-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (1)ap03-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (2)ap03-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (3)

Ellus 2nd Floor por Adriana Bozon : Depois de fazer uma coleção inspirada no Batman, a Ellus 2nd Floor encontra inspiração no universo dos quadrinhos novamente. Desta vez, a marca pega carona na onda do empoderamento feminino para criar sua versão contemporânea da Mulher Maravilha. É pop, é leve, é livre.

Fiquei encantada com o desfile que foi super divertido. Meu item desejo da temporada é com certeza essa bolsinha da Mulher Maravilha.

Ellus 2nd FloorEllus 2nd FloorEllus 2nd FloorEllus 2nd Floor

Gostaram? Amanhã tem mais! 😉

 

 

Fonte: Fotos e comentários FFW.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: