Blog da Fabi Pranaitis | Moda Retrô & Beleza

O Melhor da SPFW N 43 – Dia 1

Olá gente linda!

Hoje começou a 43ª Semana de Moda de SP com cinco desfiles, incríveis como sempre, e venho mostrar os meus looks favoritos.

A semana toda vai rolar esse post com as minhas escolhas favoritas de cada desfile feminino. Não esqueçam de vir conferir!

Vamos começar pela Animale e seu estilista Vitorino Campos: As peças tem assimetria, recortes geométricos e despojamento o mesmo que têm desse feminino mais “envenenado”, com estampa de cobra (nas bolsas e em detalhes em paletós e barras de calça de alfaiataria), maxijoias, transparências e bordados em tweed (trabalho muito bonito).

Ando gostando muito dessas peças assimétricas e blusas com volume.

animale-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (1)animale-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (2)animale-spfw-n43-www.fabipranaitis.com (3)

UMA da estilista Raquel Davidowicz : “É uma roupa durável, gostosa de andar, é a mulher que eu atendo, o shape que gosto de trabalhar, descontraído e contemporâneo”, conta Raquel antes de subir para a apresentação.

O desfile teve poucas cores, em sua maior parte, peças pretas. Nas coloridas, usaram muito amarelo e vermelho, o que me agrada muito, pois no inverno, já basta o céu de cinza e sem cor. Gostei demais de terem pessoas diferentes na passarela como essa senhora do vestido vermelho:

UmaUmaUma

Lilly Sarti da estilista Lilly Sarti : esse desfile apresentou peças com referências de décadas passadas, como na década de 80, looks com cinturas marcadas, ombros presentes – um power dress mais leve – e os brilhos de cores cintilantes. As transparências e tecidos mais soltos nos levam pra uma vibe mais disco anos 70. E um ou outro look conta um pouco do grunge dos 90, com silhuetas menos acinturadas, comprimentos mais mídi. Os acessórios também variam bastante e jogam com dimensões contrastantes como os cintões combinados com clutchs miúdas. Peso e leveza dos materiais criam ainda outro jogo de proporções – das blusas mais soltinhas a vestidos sólidos e armados, como o de um ombro só.

Estou realmente encantada por esses quatro looks que escolhi. As formas, os tons estão de apaixonar. Veja só como o rosado continua com total força no inverno 2017:

Lilly SartiLilly SartiLilly SartiLilly Sarti

Osklen pela estilista Juliana Suassuna e Oskar Metsavaht : Aqui temos o que a Osklen sabe fazer de melhor: roupas inteligentes e com valor de design, utilitárias, confortáveis e… super desejáveis. Looks compostos por sobreposições (linda a série de cashmere), desconstruções e fusões. “Gosto das desconstruções dos casacos e trench coats misturados a elementos dos casacos de neve, capuz de expedição”, conta Oskar. Outra coisa que a Osklen faz muito bem é enobrecer tecidos naturais, como moletom e sarja. Os moletons de algodão orgânico também merecem destaque. “Acho que fazemos um trabalho bem couture com os moletons”.

Mais um vez, escolho looks com pontos de cor e fluidez:

OsklenOsklen

Esses foram meus favoritos desse primeiro dia e ainda teve o desfile do João Pimenta, porém é masculino e não tratamos desse assunto aqui no blog (clube da Luluzinha mexxxmo rs), mas esse é o link para visualizar a coleção completa.

Gostaram? Amanhã tem mais!

beijokas!

 

 

Fonte: Fotos e comentários FFW.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: