Blog da Fabi Pranaitis | Moda Retrô & Beleza

Fause Haten – SPFW Verão 2017 (Coletiva e Desfile)

image

No último domingo dia 24/04 tive o prazer de participar da entrevista coletiva dada pelo estilista Fause Haten, que antecedeu seu desfile de Primavera-Verão 2017 no Parque da independência de São Paulo.

Fause hoje se define mais como um artista do que estilista. Seus desfiles são cada vez mais performáticos e teatrais. Nessa temporada, mandou fazer bonecas em tamanho natural com a cara de Marlene Dietrich, que Ricardo dos Anjos maquiou e penteou (idealizou cor e corte das perucas).

As bonecas/modelos foram manipuladas por atores e apresentaram os 13 looks femininos, num palco tipo arena circular, com a escada do parque feita de arquibancada, abrindo o SPFW N41.

 

As fotos a seguir foram tiradas num espaço do SESC onde estava a sala cedida para a exposição dessas peças e onde foi a coletiva. Essas peças são algumas das que foram desfiladas.

image
image
image
image
image
image
image
image
image
image
image
image
image

O DESFILE

A história é a primeira de uma série de performances intitulada “Lili Marlene – O Risco”, que Fause Haten fará dentro da exposição “#ForadaModa – uma exposição em construção”, em cartaz no Sesc Ipiranga, da qual ele é curador. A apresentação teve ainda trilha sonora de piano ao vivo e o estilista cantando uma versão em português de La Vie en Rose, uma de suas referências, além de Dietrich, para a coleção.

 

image
image

O estilista também criou nove looks masculinos usados por bailarinos de diversas companhias, que dançaram durante o desfile. Com uma única loja há cerca de seis meses no bairro do Belém, onde funcionava a sua fábrica, Fause Haten diz que todas as peças do desfile já estarão à venda. É uma versão “peça única” do see now buy now, mas no que ele realmente aposta é no atendimento sob encomenda, com uma produção menor e com direito a adaptações e mudanças no look original.

“É tipo a costureira do bairro mesmo”, diz.

image
image
image

Com vontade de pensar uma “nova roupa de festa”, em suas palavras, e menos preocupado com tendências de moda, o estilista usou algumas peças vintage, como a última camiseta do desfile e uma jaqueta marrom com franjas masculina (que ele customizou) e investiu no que considera uma de suas inovações, a malha de cristal, em vestidos todos com predominância do rosa e que traziam ora uma referência retrô solta dos anos 20, com franjas e estrutura no ombro, influência do quimono no casaco floral e no top rosa com saia de onça rosa e roxo, ora setentista, como a calça pantalona de malha de cristal com casaco degradê e camiseta vintage ou ainda oitentista, no conjunto rosa com dourado claro de jacquard de pied de poule com spencer volumoso e saia balonê.

 

image

(“Desfile Marlene”, inspirado na atriz Marlene Dietrich, na música La Vie en Rose e primeira performance da série “Lili Marlene – Um Risco”, criada por Fause Haten e que tem dois personagens centrais: Marlene Dietrich e Lili, uma transformista.)

Parte da Fonte: FFW

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: